Portal da Cidade Pontal do Paraná

autoestima feminina

Mulheres contam como posar para fotos sensuais contribui para autoestima

Mulheres descobrem no ensaio sensual uma forma de empoderamento e autoestima que pode dar outro sentido em seu caminho

Postado em 20/09/2021 às 15:42 |

(Foto: Kauhê Prieto)

Embora haja variações do resultado dos ensaios conforme o estilo de modelos e fotógrafos, alguns pontos em comum chamam a atenção de profissionais como o fotógrafo Kauhê Prieto, que retratou Deise e hoje trabalha quase exclusivamente com esse tipo de fotografia:

“Quem me procura, em geral, são mulheres já não tão jovens, boa parte com filhos, que sentem o desejo de realizar algo para elevar a autoestima. Estimo que uns 40% sejam do ramo da saúde: médicas, enfermeiras, biólogas. Aquilo me intrigava, e comecei a perguntar o motivo. Uma delas disse: “É óbvio, né, Kauhê? Pensa como é ser mulher e trabalhar horrores o dia inteiro debaixo de um coque e coberta por um jaleco”, faz sentido.

É o caso de Aline Mayra, uma das recentes modelos do fotógrafo feminino Kauhê Prieto para o seu projeto focado na autoestima da mulher com o Instagram @CaseSensual. Questionada sobre as razões de ter posado, ela começa pela frase mais ouvida ao longo desta reportagem.

Aline Mayra (foto: Kauhê Prieto)


“Já tinha feito alguns ensaios mas esse me surpreendeu pela delicadeza do profissional em nos tratar. Acho que a confiança que o profissional passa é que faz você se sentir livre no dia do ensaio. Acho que toda mulher tem certa curiosidade de se enxergar através da lente de um profissional. A gente passa pelo espelho muitas vezes correndo. Ali, durante as fotos, tu estás focada em ti e em um momento raro de contato físico e mental com teu corpo. Fora isso tem todo um barato de escolher um lugar, comprar e testar as lingeries. Ainda mais alí na prainha em Pontal do Sul, um lugar paradisíaco. O resultado é que comecei o processo com a confiança muito frágil e, no dia das fotos, embora ansiosa, estava muito segura”, confessou Aline.

Tanto fotografadas quanto fotógrafos valorizam o momento da conversa prévia olhos nos olhos.

“Gosto de convidá-las para um café. De saber sobre o momento de vida delas, pelo que elas estão passando. Porque meu objetivo como fotógrafo é que as imagens transmitam de alguma forma o que aquelas mulheres estão sentindo”, explicou o fotógrafo Kauhê Prieto, residente no litoral do Paraná.

De acordo com o fotógrafo são variados os papéis de maridos e namorados (ou ex-maridos e ex-namorados) nesse processo. Há mulheres que procuram o serviço para reencontrar a feminilidade depois de uma separação. Outras fazem as fotos justamente para surpreender os parceiros – algumas trazem o companheiro para participar da ideia. Embora a produção em geral não passe por eles, é bonita a forma como as fotos, na maioria das vezes, aproxima o casal de maneiras inusitadas.

Eis uma das mágicas do processo: ao se enxergarem pelos olhos dos outros, tanto dos fotógrafos quanto das pessoas para quem elas mostram as fotos, é comum mulheres fazerem as pazes com partes do corpo que antes eram motivo de complexo.

Kauhê Prieto explica que algumas mulheres são aficionadas por sua beleza e sensualidade, como é o caso da sua cliente Nathalia Almeida que descobriu no ensaio sensual uma forma de empoderamento e autoestima que pode ter dado outro sentido em seu caminho.

“Hoje o que mais gosto de fazer é ser vista com o olhar de um fotógrafo, quando temos confiança no trabalho do profissional, nos libertamos de amarras e deixamos nosso corpo apenas ser dirigido pelo fotógrafo, temos que ter confiança na pessoa dele para conseguirmos fazer um trabalho lindo”, disse Nathalia.

“Hoje também é o tipo de trabalho que acho mais gratificante. É indescritível a felicidade delas ao receberem as fotos. Tanto que um dos meus próximos projetos envolve encontrar parceiros, como marcas de lingerie e maquiagem, para fotografar mulheres carentes. Imagina propiciar essa sensação a quem nunca pensou em se enxergar assim”, completou o fotógrafo.

Enquanto muitos ensaios se amparam na ideia de elevar a autoestima de mulheres propiciando a elas luz, cenários, ângulos e tratamentos de imagem profissionais, cresce também a procura por fotos mais naturalistas. Pessoas que desejam ser retratadas com bom gosto, mas que fazem questão de registros em fotos nuas e cruas como forma de afirmação de uma beleza mais realista.

Kauhê Prieto/fotógrafo/Pontal do Paraná

Fotografia

“Esse é meu trabalho, luz natural, pouca maquiagem e cabelos bagunçados, a naturalidade da mulher em forma de arte, considero minhas fotografias arte, com o corpo e a essência feminina dando todo o contexto do meu trabalho”

Kauhê Prieto/fotógrafo/Pontal do Paraná


Fonte:

Receba as notícias de Pontal do Paraná no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário

Outras notícias