Portal da Cidade Pontal do Paraná

Ilha do Mel

Morador é espancado até morte por turista paulista na Praia de Fora.

De família tradicional da ilha, “Nado Valentim” como era conhecido, foi espancado até a morte, por um turista paulista, de apenas 19 anos.

Postado em 28/12/2020 às 13:53

Praia de Fora - Ilha do Mel

Moradores da Ilha do Mel, um dos principais pontos de visitação turística do Paraná, ficaram chocados com a brutalidade que marcou a morte de Reinaldo Valentim, de 49 anos, ocorrida na localidade marítima, na noite de domingo, 27, por volta das 20h, na Praia de Fora, em Encantadas. 

De família tradicional da ilha, “Nado Valentim” como era conhecido, foi espancado até a morte, por um turista paulista, de apenas 19 anos. A vítima sofria de problemas mentais.

De acordo com a Guarda Civil Municipal, a corporação foi acionada para verificar uma confusão que estaria acontecendo na Praia de Fora e durante o deslocamento, os agentes encontraram Ian Matthews Rosano Matiussi, de 19 anos, caminhando pela trilha de acesso a localidade, com a camiseta toda suja de sangue.

Abordado e indagado sobre a situação, ele disse apenas que agrediu um homem na praia.

Ian foi detido e acompanhou os agentes da GCM até o local onde a confusão aconteceu.

Na praia, a equipe encontrou Reinaldo Valentim caído e sem vida. Um médico que atende na ilha foi acionado e confirmou o óbito.

IML

A área onde o crime aconteceu ficou isolada até a chegada da Criminalística. Após a perícia, o corpo de “Nado Valentim” foi recolhido ao IML – Instituto Médico Legal de Paranaguá, onde passou por exames complementares.

Familiares estiveram na sede do órgão e providenciaram os documentos para liberação do corpo.

PRESO

Ainda na praia, Ian Matthews Rosano Matiussi, de 19 anos, natural de Guarulhos, em São Paulo, recebeu voz de prisão.

Ele foi conduzido em uma lancha da Patrulha Marítima, da Guarda Civil Municipal, até Paranaguá, onde foi apresentado ao delegado que estava de plantão na Delegacia Cidadã.

Ian ficou recolhido na carceragem da Cadeia Pública de Paranaguá e está a disposição da Justiça.

NATIVO

A morte de “Nado Valentim” como a vítima era conhecida, provocou grande comoção na comunidade insulana e em veranistas que estão na localidade.

Reinaldo Valentim, de 49 anos, era muito conhecido e querido na Ilha do Mel. Portador de problemas mentais, “Nado” é de uma família tradicional da região.

Moradores e comerciantes lamentaram nas redes sociais a morte de Reinaldo, que estava sempre alegre e disposto. “Nado”, mesmo com seu problema de saúde, trabalhava na localidade marítima.

EXCURSÃO

Ian Matthews Rosano Matiussi estava acompanhado de outros jovens. Eles passavam alguns dias na ilha e estavam hospedados em um camping.

De acordo com informações apuradas pelo nosso departamento de jornalismo, o grupo deixou a localidade marítima na manhã desta segunda-feira, 28, e retornou para o estado de São Paulo.

A Polícia Civil vai investigar o caso e apurar se outras pessoas teriam participado das agressões que tiraram a vida de “Nado Valentim”.

Fonte:

Receba as notícias de Pontal do Paraná no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário

Mais Lidas