Portal da Cidade Pontal do Paraná

megaoperação

Casal morre em confronto com a RONE em Matinhos

A ação policial começou nas primeiras horas desta manhã e seria um desdobramento de uma megaoperação que acontece na capital e região metropolitana.

Postado em 22/09/2020 às 10:35 |

(Foto: Divulgação)

Policiais militares de RONE, em operação na manhã desta terça-feira (22), na Avenida Paranaguá, em Matinhos no litoral do Paraná, foram recebidos a tiros ao tentar cumprir um mandado de prisão, busca e apreensão.

O alvo seria um casal, inclusive uma mulher morta em confronto com a RONE já seria alvo de outra operação da Polícia Federal. Ela e o comparsa seriam presos por estarem envolvidos com o tráfico de drogas em Curitiba e região metropolitana.

De acordo com o Coronel Hudson da Polícia Militar, ela estaria escondida no litoral e os policiais ao entrarem em uma residência para cumprir a prisão do casal foram recebidos a tiros. Houve confronto e o casal foi baleado. 

Com eles foram encontrados uma pistola e um revólver. Os corpos devem ser encaminhados para o Instituto Médico Legal de Paranaguá.

A ação policial começou nas primeiras horas desta manhã e seria um desdobramento de uma megaoperação que acontece na capital e região metropolitana. 

PCPR e PMPR cumprem 53 mandados contra o tráfico de drogas em Curitiba e RMC 

A Polícia Civil do Paraná e a Polícia Militar do Paraná estão nas ruas, desde as primeiras horas da manhã desta terça-feira, 22, para desmantelar associação criminosa que comanda o tráfico de drogas no Centro e no bairro Cajuru, na capital paranaense e no município de Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). 

A operação, batizada como “Lisboa”, visa cumprir 37 mandados de busca e apreensão em endereços relacionados aos alvos e 16 mandados de prisão preventiva contra líderes, gerentes, fornecedores e distribuidores de drogas naquelas regiões. 

Durante as investigações, que duraram cerca de 6 meses, a PCPR e a PMPR observaram que houve pouca ou nenhuma alternância na liderança do bando. É como se a associação criminosa fosse composta por líderes gerais, “gerentes operacionais” e revendedores finais – conhecidos como “pistas”, esses substituidos com frequência. 

NÚCLEO CENTRO – As drogas que abasteciam o tráfico de drogas no Centro de Curitiba eram fornecidas por líderes distintos que comandavam o crime em Pinhais e no bairro Cajuru. 

Nesta região, a PCPR e PMPR cumprem 17 mandados de busca e apreensão e sete mandados de prisão preventiva. 

NÚCLEO CAJURU – O gerente operacional que atuava no bairro também distribuía drogas para revendedores finais do município de São José dos Pinhais, na RMC. 

Seis pessoas são alvos de prisão preventiva e 15 mandados de busca e apreensão serão cumpridos na região. 

NÚCLEO PINHAIS – O tráfico era comandado por um indivíduo com antecedentes por tráfico de drogas. Ele foi preso em 2016, com 73 quilos de crack, e estava em liberdade atuando no município e no Centro de Curitiba. 

Aqui a PCPR e PMPR miram oito alvos. Três com mandados de prisão preventiva e cinco com mandados de busca e apreensão. 

INVESTIGAÇÕES – No decorrer das investigações foram presas em flagrante 17 pessoas ligadas ao bando, cumpridos quatro mandados de prisão preventiva, uma apreensão de adolescente, apreensão de duas armas de fogo, 173 gramas de cocaína, 2,3 quilos de crack e 4,8 quilos de maconha.

Fonte:

Receba as notícias de Pontal do Paraná no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário