Portal da Cidade Pontal do Paraná

Uma história de amor

Entre Mãos e Patas: uma história de amor pelos animais de rua de Pontal

O projeto de castração de animais de rua surgiu do encontro de mulheres que moravam próximas, mas se conheciam apenas superficialmente

Postado em 12/09/2020 às 13:00 |

(Foto: Carla Nagibe)

O projeto de castração de animais de rua surgiu do encontro de mulheres que moravam próximas, mas se conheciam apenas superficialmente. Cada uma delas fazia um trabalho com cães de rua no entorno de Pontal do Sul. Ao descobrir o trabalho das outras de castração e ajuda aos animais, resolveram reunir o grupo para se conhecer melhor, entender o que cada uma fazia e discutir uma ação conjunta. Isso foi em junho de 2018. Em uma semana já tinham um nome, uma identidade para o grupo e estavam fazendo castrações, sem verba ou ajuda! Na época fizeram uma parceria com a Dra. Andressa Valéria, que realizava as castrações e facilitava o pagamento, para quando fosse possível.

Começaram a programar eventos para arrecadar fundos. O primeiro bazar teve uma arrecadação muito importante e foi o que deu a certeza de estarem no caminho certo. Nesses dois anos foram realizados alguns eventos como jantares temáticos, bingos e a venda de um calendário, mas o forte do projeto são os bazares, onde é vendido de tudo, roupas, calçados, móveis, utensílios domésticos e tudo o que as pessoas queiram doar.


Entre Mãos e Patas é um trabalho exclusivamente de voluntariado, não é ONG e nem associação. Está focado exclusivamente na castração dos animais de rua e dos de tutores com baixa renda. O projeto cresceu e atualmente, além do grupo inicial, são mais 12 voluntárias que se identificaram com a causa e acabaram engajadas.

Já foram castrados em torno de 800 animais. A prioridade são as fêmeas, pois cada uma que é castrada encerra um ciclo de vários outros animais que provavelmente estariam na rua. Além de evitar a superpopulação a castração também ajuda a evitar algumas doenças nas fêmeas, como câncer de mama, de útero e TVT (Doença Venérea Transmissível). A parceria atual para os procedimentos é com a Clínica Pontal Vet, da Dra. Elisa Camargo e Dr. Tadeu.

Uma das grandes conquistas do projeto é que praticamente 99% dos animais castrados acabam não voltando para as ruas, conseguindo encontrar famílias adotantes. O trabalho que iniciou em Pontal do Sul, onde praticamente não tem mais animais de rua sem castração, acabou expandindo para os outros balneários. Grande parte da população do município e pessoas de Curitiba já apoiam a causa, por perceber a importância da mesma para a qualidade de vida dos animais de rua. 

Como ajudar? Doando para o bazar! Tudo o que estiver em bom estado com certeza será útil para outra pessoa. Além de ajudar o projeto, praticamos o desapego. Comprar no bazar também é uma excelente maneira de contribuir e ainda praticar a ideia de sustentabilidade. Conheça mais através do Facebook e instagram.

“Cachorros não brotam como plantas, com certeza são abandonados!” Paula

“Somos voluntárias, não somos ONG e nem associação. Nosso trabalho é exclusivamente voluntariado.” Paula Regina Barreira

“As pessoas passaram a nos procurar para ajudar na castração dos animais de outros balneários. Hoje atingimos até alguns animais do Guaraguaçu e Monções.” Edna Mariano da Cruz

Colaboradoras: 

Paula Regina Barreira

Edna Mariano da Cruz

Ana Vianna

Ana Paula da Costa e Silva

Gabrielle Maria Santano Chalkoski Purcina

Silvânia Pimentel

Pâmela Emanuelly Cattani

Fernanda Rebuli


Fonte:

Receba as notícias de Pontal do Paraná no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário